O Recado das manifestações é defender a Lava Jato e o combate a Corrupção


"A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre." Oscar Wilde








Caros amigos e inimigos leitores,


No último domingo, 4/12 os brasileiros que pediram o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, voltaram às ruas para se manifestarem a favor da Operação Lava Jato, protestar contra as mudanças feitas na Câmara no pacote anticorrupção.
Fez parte das mannifestações que aconteceram em 18 estados do Brasil o "Fora Renan".









O que podemos entender destas manifestações que aconteceram no domingo? Que as milhares de pessoas que foram às ruas, representando a elas e a tantos outros que por algum motivo não puderam participar das manifestações que o povo está cansado dos desmandos que acontecem na vida política do Brasil. O brasileiro está cansado de pagar a conta da corrupção que desvia dinheiro das Escolas, dos Hospitais, das obras de infraestrutura como estradas e portos.







O Brasileiro está cansado de pagar tantos impostos - lembro que o país tem uma das maiores cargas tributárias do mundo - e não ter praticamente retorno (para não dizer nenhum) destes impostos.
Pois a Corrupção mata o paciente na UTI dos hospitais públicos, o estudante cada vez aprende menos, a insegurança nas ruas das cidades brasileiras é cada vez maior e o que o cidadão vê? Vê uma afronta, discursos vazios de que a corrupção será combatida a todo o custo quando o que vemos, na verdade, é a falta de ações contra a corrupção.
O brasileiro está cansado! Cansado de pagar caro por produtos e serviços aos quais em outros países não custam o absurdo que custam aqui.
É o eleitor ver que ele só é lembrado pelos políticos nas eleições - sejam elas municipais, sejam elas para presidente, governador e tudo mais. 
O brasileiro está cansado de receber a conta para cobrir o rombo dos cofres públicos enquanto os governantes não fazem cortes de gastos profundos, como o fim das mordomias e benesses dos políticos, como carros à disposíção, auxílios paletós e moradias da vida entre outras tantas absurdas benesses. 
Você leitor, sabe quem paga por tudo isso? Eu, você e cada cidadão brasileiro que acorda cedo para trabalhar e ainda leva cinco meses (quase um semestre) para pagar impostos. Gente, isso é um absurdo!
O povo tem que sair às ruas sim, e cada dia mais para pressionar os políticos a  não só entenderem o que queremos mas que  estes executem e aprovem leis, que beneficiem o povo brasileiro, uma vez que nós cidadãos pagamos o salário destes políticos e temos o pleno direito de ligar no gabinete dos senadores, Deputados, etc e cobrar que eles apresentem e votem a favor de projetos que sejam para o benefício do Brasil.







É preciso aprovar sim as medidas contra a corrupção sem mudar o qu que foi apresentado. Para punir de acordo as pessoas quese renderem a corrupção, não só com a prisão mas, que sejam obrigados a ressarcir os cofres públicos. 
É preciso cobrar e exigir o fim do famigerado Foro Privilegiado que contribui para que tenhamos a plena sensação de impunidade. E tem mais, se a Constituição diz que somos todos iguais perante a lei, o Foro Privilegiado mais do que nunca deve ser extinto, afinal não existem cidadãos mais iguais aos outros perante a lei.








Vou mais longe, o povo deve se unir, continuar se manifestando nas ruas, diante do Congresso Nacional, não podemos deixar que os políticos eleitos esqueçam que estão lá para trabalhar a favor do povo e não de forma contrária. Lembro que devemos nos manifestar dentro da lei e da ordem para que a razão não seja perdida por parte dos manifestantes.
Os políticos não devem se sentir confortáveis e sim se preocupar que se eles não antenderem a vontade popular e não cumprirem seu trabalha para qual foram eleitos, estes não serão reeleitos. É preciso mais do que nunca, continuar pressionando e se manifestando até que os políticos entendam o recado por completo.
Gostaria de encerrar o artigo, comentando que a realidade de um país só muda quando o povo perceber que as mudanças não depende única e exclusivamente de um grupo de pessoas eleitas para isso. Depende do povo fiscalizar, cobrar os políticos para que realizem as mudanças que o povo quer e que estas melhorias no país sejam para o povo. 
Se o cidadão for omisso, não cobrar,não fiscalizar e não pressionar para que os governantes trabalhem em favor do povo. Se deixarmos tudo como está e ficarmos como mero espectadores, provavelmente eles não irão governar para o povo.Pensem nisso!!!





blog Opinião do Franco Barni, há três anos conquistando leitores no Brasil e no mundo!








Twitter: @FrancoBarni




*Franco Barni (MTB 29.942)

*Franco é jornalista há 20 anos, foi colaborador Jornal Correio Mariliense,  escreveu no Jornal de Lins, foi colunista do Correio de Lins, Jornal da Moóca e Revista Tatuapé. Trabalhou na AgipLiquigás do Brasil como Assessor de Comunicação Social. Para conhecer meu currículo em detalhes, clique aqui


© 2016 Blog do Franco Barni | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Divulga Lins | Designer Alêxs Silva